PRAIA? TÔ FORA…


Lembro bem dos meus tempos de infância e adolescência na praia, era uma maravilha. Vendemos a casa que tínhamos em Cidreira há uns oito anos, e fui voto vencido. Hoje em dia, com as notícias que chegam nos fins de semana, até dou graças à Deus.

Primeiro tudo começa nas estradas, abarrotadas de carros na ida e na volta. Agora nem se antecipar dá mais, pois todo mundo pensa na mesma ideia e lá estamos parados na estrada num sol escaldante. A própria movimentação nas ruas do litoral durante o final de semana está comprometida, inclusive à noite.

Aliás, a noite no litoral parece que anda perigosa. Quando saía por Cidreira, Tramandaí, Imbé, Atlântida e até Capão da Canoa há uns dez, 12 anos atrás, já existia preocupação com violência. Já vi briga generalizada em bar, já quase me meti em briga para defender uma amiga de um idiota, já corri por causa de bomba de dispersão da Brigada Militar. Mas eram situações raras.

Neste fim de semana, em Imbé, um cara mexeu com a mulher do outro cara, aí o bando atacou o carro do primeiro cara que acabou atropelando uma série de pessoas e matando um. Todos falam de maloqueiros que vão para o litoral, mas muitas dessas situações são causadas por filhinhos de papai que querem aparecer e acham que vão sair impunes.

Morte que ocorreu também nas águas, por causa da negligência. Enquanto as autoridades jogavam a batata quente sobre quem deveria cuidar das guaritas de salva-vidas, uma jovem morreu nas águas de Capão Novo. Aí, depois que custou uma vida, tomaram uma decisão. Parabéns.

Fora os problemas de abastecimento de alimentos, a higiene, o lodo do mar e as areias lotadas. Praia? Talvez em março, por enquanto não, obrigado…

Anúncios

2 pensamentos sobre “PRAIA? TÔ FORA…

  1. Concordo contigo… Mas acho que por falta de opção melhor, irei ao litoral no carnaval. Espero ao menos ter paz por lá.

  2. Olha, realmente (e infelizmente) é bem assim a situação do nosso litoral, mas…vou encarar Capão em fevereiro… Falta de planejamento nos deixa sem alternativas…Às vezes acontece…Mas acredito que podemos encontrar a “paz” que procuramos mesmo no meio desse agito todo que rola por lá. Eu consigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s