AMOR IRRACIONAL



Foto: Reprodução                                                                                    

Certamente o caso do seqüestro da menina Eloá pelo seu ex-namorado Lindemberg na semana que passou em Santo André, em São Paulo, chocou até o mais frio e gélido dos brasileiros. O pior de tudo foram as cenas do desfecho trágico que chegou o caso nessa sexta-feira.

Isso nos leva ao caso da palavra rejeição. Todos nós já rejeitamos pessoas assim como já fomos rejeitados. E não só no âmbito do amor, mas em outros cenários, como o profissional (que na verdade dói até mais na teoria).

Durante este fim de semana, o caso levantou os mais diversos questionamentos, desde o preparo da polícia numa ação como essa até o diabinho contra o anjinho atuando na cabeça de uma pessoa. Certamente isso vai ser tema de matérias especiais ao longo dos próximos dias.

Aí está o problema de três famílias destruídas por causa desse amor irracional: a da menina Eloá, uma jovem com a vida pela frente que foi morta pela rejeição. Do rapaz Lindemberg, que não tinha antecedentes e num acesso de ciúmes teve sua vida mudada e virou o vilão da hora no Brasil. Além da outra menina, que vai viver com esse trauma para sempre.

E o pior de tudo: esse rapaz, que muitos querem ver ele morto, vai morrer. Hoje em dia com as informações entrando e saindo dos presídios tranquilamente, ele não deve durar na mão de assassinos frios e calculistas que certamente acompanharam esse caso das celas das prisões paulistas.

Dizem que somos seres racionais, mas as vezes nos mostramos totalmente contrário a isso. Que as famílias tenham força para encarar essa dor a partir de agora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s